‘Saidinha’ do fim do ano coloca 400 presos nas ruas em Marília

‘Saidinha’ do fim do ano coloca 400 presos nas ruas em Marília

Pelo menos 400 presos do regime semiaberto serão beneficiados com a saída temporária em dezembro na Penitenciária de Marília. Serão 13 dias longe das celas, do dia 21 ao dia 3 de janeiro de 2019.

Eles serão liberados na sexta-feira (21), a partir das 8h, para as tradicionais festas do fim do ano (Natal e Réveillon) e devem retornar para a prisão em uma quarta-feira, dia 3.

Os detentos não podem frequentar locais públicos, como bares e casas noturnas, e são proibidos de permanecerem na rua após as 22 horas. A Polícia Militar intensifica patrulhamentos ostensivos durante o período.

Conforme os dados da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), atualizados na última terça-feira (4), a população carcerária do semiaberto é de 568 presos na unidade. Portanto, dos 400 que serão colocados em liberdade, o percentual de detentos beneficiados com a “saidinha” será de 70%.

Caso o detento não retorne no horário estabelecido, também às 8h, ele será automaticamente considerado foragido da Justiça, será a quinta vez que os presos da unidade desfrutarão do benefício neste ano – janeiro, março, maio e agosto.

Na última saída foram libertados 397 presos em agosto. A taxa de evasão – presos que não retornaram para a unidade – foi de 3,5%, ou seja, 14 presos foram considerados foragidos.

Popularmente conhecida como saidinha, a liberdade provisória é garantida por lei. A saída temporária só vale para o preso que está no regime semiaberto. Réus primários têm direito ao benefício depois de cumprir um sexto da pena. Já os reincidentes têm que cumprir mais tempo para conseguir a saidinha, um quarto da pena.

 

Fonte: MariliaNoticias