Unidades de Saúde cultivam hortas comunitárias em Pompeia

Unidades de Saúde cultivam hortas comunitárias em Pompeia

Além dos fins terapêuticos, objetivo é incentivar a alimentação saudável, livre de agrotóxicos

Alface, Couve, Manjericão, Berinjela, Salsa e Cebolinha. Estas são algumas das verduras ou legumes que Agentes Comunitários de Saúde das USFs “Odair Aparecido Roque Botter ‘Zugão’, “Elysio Prado Moreira” e seus pacientes cultivam já há alguns meses. O plantio e o cultivo têm fins terapêuticos e ainda incentivam a adoção de alimentação saudável, livre de agrotóxicos.

Segundo Fernanda Chicarelli e Rutinéia Botter, enfermeiras das unidades de saúde, a ideia surgiu nos encontros realizados com grupos de hipertensos e diabéticos e teve a colaboração de agentes de Saúde e de nutricionistas que compõe a rede. “Os pacientes ajudam nos cuidados diários com as hortas das unidades. Com esta experiência que estão adquirindo, eles são incentivados a criarem hortas em suas residências, o que os transforma em agentes multiplicadores de saúde”, completou a nutricionista Luana Galhardo.

“Não vejo a hora de ir aos encontros no posto e ver todas elas crescendo”, comenta entusiasmada a paciente Maria José, de 59 anos. Ela se diz orgulhosa de fazer parte do cultivo da horta comunitária. “Praticar o plantio e usufruir dele para ter uma alimentação melhor nos ajuda na recuperação de doenças e estimula a todos nós. Temos mais vontade de viver e batalhar dia a dia”, concluiu.