PF faz operação contra pedofilia em Marília e região

PF faz operação contra pedofilia em Marília e região

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (24) a operação Proteção Integral contra a distribuição de pornografia infantil em Marília e outras cidades do Estado como Presidente Prudente, Bauru, São Paulo, além de Brasília (DF), segundo informação oficial.

A reportagem apurou que outras cidades também estão na mira da ação policial.

Ao todo nove mandados de busca e apreensão teriam sido cumpridos.

Até o momento houve a confirmação apenas da prisão de um homem de 45 anos  em flagrante. Ele foi trazido para a delegacia da PF em Marília.

Fontes do site de dentro da corporação afirmam que o acusado foi detido em Quintana (distante 45,2 quilômetros).

Um dos artigos em que ele foi enquadrado prevê prisão de três a seis anos por “oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”.

O segundo artigo – ambos do Estatuto da Criança e do Adolescente – prevê de um a quatro anos de prisão, por “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”.

“A investigação teve início em 2016, baseada em informações decorrentes da Operação Gênesis e visou identificar pessoas que estariam se utilizando de serviços da internet hospedados nos Estados Unidos para distribuição de material contendo pornografia infantil”, consta em nora divulgada pela PF.

A investigação da Polícia Federal identificou os locais de onde teriam sido compartilhados o material de pornografia infantil e desencadeou a operação Proteção Integral.

A operação foi batizada em referência ao princípio que norteia o Estatuto da Criança e Adolescente, em toda sua estrutura.

Fonte: MariliaMoticias